Portugal admitido como observador da Aliança do Pacífico

| Economia

Portugal foi admitido por unanimidade como país observador na Aliança do Pacífico, um bloco latino-americano para trocas comerciais, criado formalmente em 2012, revelou hoje fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

De acordo com a mesma fonte, a candidatura tinha sido apresentada no início de 2013 pelo ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE) português, Paulo Portas, após uma reunião bilateral com a MNE da Colômbia, Maria Angela Houlguin.

Portugal e França são os dois novos países da União Europeia (UE) a terem estatuto de observador na Aliança do Pacífico, depois de Espanha, que foi admitida em 2012.

Além de Portugal e França, são novos países observadores o Equador, El Salvador, as Honduras, o Paraguai e a República Dominicana.

A Aliança do Pacífico já tem como países observadores a Austrália, o Canadá, a Costa Rica, a Espanha, o Panamá, a Guatemala, a Nova Zelândia, o Japão e o Uruguai.

A decisão foi tomada na VII Cimeira da Aliança do Pacífico, que decorreu em Cali, na Colômbia, país que assume a presidência temporária do grupo.

A Aliança do Pacífico foi constituída formalmente em 2012 pelos quatro países com maior crescimento económico na América Latina, o México, a Colômbia, o Peru e o Chile.

Os quatro países têm um crescimento médio entre 3,9% e 6,3% e representam um mercado com mais de 200 milhões de pessoas.

Na cimeira de Cali, os quatro países fundadores assumiram também o compromisso de reduzirem em 90% as barreiras alfandegárias entre si.

 

Tópicos:

Aliança Pacífico, Austrália, Cali, Dominicana Aliança, Equador El Salvador Honduras, Latina México Colômbia, MNE Colômbia, Pacífico, Panamá, VII Cimeira Aliança, Zelândia,

A informação mais vista

+ Em Foco

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam.

    Rosa Luxemburgo, "uma das melhores cabeças do socialismo internacional", foi assassinada há 100 anos.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.