Programa Revitalizar vai ajudar pequenas e médias empresas

| Economia
Programa Revitalizar vai ajudar pequenas e médias empresas

Foto: José Manuel Ribeiro, Reuters

O Programa Revitalizar vai disponibilizar, a partir desta terça-feira, 220 milhões de euros para ajudar à capitalização de pequenas e médias empresas. O objetivo é permitir que, com o capital próprio reforçado, as PME's consigam aceder ao crédito bancário a preços mais competitivos.

As empresas candidatas devem ser viáveis e fortes, com projetos de crescimento, sobretudo de exportação.

Os fundos estão organizados numa base regional, com 80 milhões de euros para o norte do país, 80 para o centro e Lisboa e 60 para Alentejo e Algarve, e serão atribuídos principalmente aos setores da indústria, energia, comércio, transportes e logística, turismo, serviços e construção civil.

Dos 220 milhões de euros, metade provêm de fundos comunitários, e a outra metada da banca. Por esse motivo, apesar de a medida ter sido anunciada em fevereiro de 2012, só agora será implementada; BCP, Banif e Caixa Geral de Depósitos, três dos sete bancos envolvidos, tiveram de obter uma autorização especial de Bruxelas porque receberam ajuda financeira no âmbito do programa da troika.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Um atentado suicida na cidade britânica de Manchester provocou 22 ...

    Em entrevista à Antena 1 e ao Jornal de Negócios, O antigo ministro das Finanças denuncia que as regras do concurso não foram cumpridas.

    Os deputados à Assembleia da República aprovaram esta sexta-feira, por unanimidade, um voto de saudação a Salvador e Luísa Sobral pela vitória no Festival da Eurovisão, em Kiev.

    O responsável pelo arranjo da música que venceu o festival da Eurovisão é de Coimbra. Luís Figueiredo é pianista, compositor de jazz e docente na Universidade de Aveiro.