Reforma do Estado prevê descida do IRS se consolidação orçamental não for afetada

| Economia
Reforma do Estado prevê descida do IRS se consolidação orçamental não for afetada

A ver: Reforma do Estado prevê descida do IRS se consolidação orçamental não for afetada

O Governo quer baixar o IRS até 2015. A medida está no documento da Reforma do Estado, a que a agência Lusa teve acesso, e que vai ser divulgado ainda hoje pelo governo. O Governo adianta que tem consciência da necessidade de criar condições para inverter a trajetória de agravamento do IRS, o que não poderá pôr em causa a consolidação orçamental.

O executivo tem 120 medidas calendarizadas e vai nomear uma comissão de reforma da Segurança Social para "consolidar uma proposta de reforma" do sistema de pensões, que só pode avançar "quando o crescimento do PIB atingir os 2%". No Conselho de ministros desta quinta-feira, Paulo Portas adiantou que o executivo vai discutir com os parceiros sociais uma reforma da Segurança Social que introduza o "plafonamento parcial e voluntário" das contribuições.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os dados do sistema de Informação de Fogos Florestais da União Europeia (EFFIS) indicam que só entre os dias 14 e 15 de outubro arderam em Portugal continental cerca de 200 mil hectares.

    Filipe Vasconcelos Romão, comentador de assuntos internacionais, refere que o artigo 155 da Constituição Espanhola será aplicado sem que haja qualquer lei de enquadramento.

    Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

      Na primeira entrevista pós-autárquicas, à Antena 1, Jerónimo de Sousa não poupou nas palavras. Afirmou que o "Governo ficou mal na fotografia e subestimou a situação" dos fogos.