Tribunal confirma multa de 150 mil euros aplicada à Peugeot Portugal por informações falsas

| Economia

O Tribunal de Concorrência, Regulação e Supervisão (TCRS) deu razão à Autoridade da Concorrência e manteve o valor da multa de 150 mil euros aplicada à Peugeot Portugal Automóveis, S.A. por "prestação de informações falsas, inexatas ou incompletas".

Segundo um comunicado da Autoridade da Concorrência hoje divulgado, o tribunal considerou, em sentença datada de 14 de outubro, que condutas como a levada a cabo pela Peugeot "põem clamorosamente em causa a atividade sancionatória e investigatória da autoridade" e "colocam em crise a regulação do mercado".

A Peugeot Portugal Automóveis, S. A. tinha recorrido da condenação da AdC em junho de 2015, tendo sido esta a primeira vez em que o regulador do mercado aplicou uma coima por prestação de informações falsas, inexatas ou incompletas.

Tópicos:

Peugeot Automóveis S,

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP agrupa as sondagens disponíveis e traça as tendências do eleitorado para a derradeira votação da eleição presidencial francesa.

    Em entrevista à RTP, o embaixador francês aborda o terrorismo, os populismos, os emigrantes e o interesse em Portugal.

      A Associação Adeptos dos Sonhos canalizava 90% do dinheiro recolhido em ações de caridade para uma empresa do namorado da presidente.

      Em entrevista à RTP, o Bispo de Leiria-Fátima diz acreditar que o Papa, em Fátima, vai sentir-se como um "peregrino no meio dos peregrinos.