Tribunal confirma multa de 150 mil euros aplicada à Peugeot Portugal por informações falsas

| Economia

O Tribunal de Concorrência, Regulação e Supervisão (TCRS) deu razão à Autoridade da Concorrência e manteve o valor da multa de 150 mil euros aplicada à Peugeot Portugal Automóveis, S.A. por "prestação de informações falsas, inexatas ou incompletas".

Segundo um comunicado da Autoridade da Concorrência hoje divulgado, o tribunal considerou, em sentença datada de 14 de outubro, que condutas como a levada a cabo pela Peugeot "põem clamorosamente em causa a atividade sancionatória e investigatória da autoridade" e "colocam em crise a regulação do mercado".

A Peugeot Portugal Automóveis, S. A. tinha recorrido da condenação da AdC em junho de 2015, tendo sido esta a primeira vez em que o regulador do mercado aplicou uma coima por prestação de informações falsas, inexatas ou incompletas.

Tópicos:

Peugeot Automóveis S,

A informação mais vista

+ Em Foco

A União Europeia está ameaçada e tem de voltar à sua génese para se fortalecer e recuperar influência na cena mundial. Ou arrisca-se a perder o comboio do desenvolvimento e a desmembrar-se em pouco tempo.

    Num contexto de retorno do medo ao Reino Unido, a diplomata britânica Kirsty Hayes aponta a importância de todos os habitantes de Londres estarem unidos.

    Foram mais de três horas de debate a cinco mas sem grandes novidades. Le Pen defendeu o fim da imigração. Macron foi atacado pelas ligações à banca.

    Estarão os nossos equipamentos comprometidos? O especialista em cibersegurança Pedro Queirós alerta para um problema "assustador".