Muitas ausências nos convocados do Sporting

| Futebol Nacional

Dois dos ausentes
|

O Sporting anunciou esta quarta-feira os convocados para o jogo com o Arouca, da primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga de futebol, com o técnico Jorge Jesus a deixar de fora muitos dos habituais titulares.

Rui Patrício, Zeegelaar, Adrien, William Carvalho, Bryan Ruiz, Bas Dost e Gelson Martins ficam de fora por opção do técnico, enquanto Rúben Semedo está castigado e Schelotto está a contas com uma lesão que o vai afastar da equipa durante cerca de quatro semanas.

Jorge Jesus vai aproveitar para dar oportunidade a alguns dos jogadores menos utilizados do plantel, com Douglas, Petrovic, Meli, Ricardo Esgaio, Azbe Jug e Matheus Pereira a regressarem aos convocados.

O jogo entre o Sporting e o Arouca está agendado para hoje, pelas 18:15, no estádio José Alvalade, numa partida que será dirigida pelo lisboeta Hugo Miguel.

Lista de 18 convocados:

- Guarda-redes: Beto e Azbe Jug.

- Defesas: Jefferson, Coates, Paulo Oliveira, Douglas, João Pereira e Ricardo Esgaio.

- Médios: Petrovic, Elias, Bruno César, Marcelo Meli e Markovic.

- Avançados: Campbell, André, Castaignos, Matheus Pereira e Alan Ruiz.

 

 

Tópicos:

Arouca Alcochete úbal, Douglas Petrovic Meli Esgaio Azbe Jug, Esgaio Médios Petrovic Elias Bruno César, Patrício Zeegelaar Adrien William Carvalho Bryan Ruiz Bas Dost,

Pesquise por: Arouca Alcochete úbal, Douglas Petrovic Meli Esgaio Azbe Jug, Esgaio Médios Petrovic Elias Bruno César, Patrício Zeegelaar Adrien William Carvalho Bryan Ruiz Bas Dost,

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.