A prisão que embala o berço

| Grande Reportagem
A prisão que embala o berço

Foto: Pedro A. Pina

Na prisão de Tires há um pavilhão que se chama «Casa das Mães». Nele vivem, actualmente, 29 mulheres e 24 crianças. Para lá das regras, das grades e das celas com portas de ferro, há desenhos na parede para colorir os dias dos filhos de mães-reclusas.

A lei permite que uma reclusa possa viver com o filho na prisão, excepcionalmente, até aos 5 anos. Grande parte das crianças começa a fazer a transição para o mundo exterior a partir dos 3 anos. 

No Estabelecimento Prisional de Tires há creche e a poucos metros a «Casa das Mães». Um pavilhão criado há 16 anos para as mães-reclusas poderem estar mais tranquilas com os filhos. 

Aqui, há meninos com poucos dias e crianças quase a dizerem adeus. Todos tentam transmitir uma certa normalidade, mas uma prisão será sempre uma prisão, sobretudo quando se fecham as portas.

«A prisão que embala o berço» é uma grande reportagem de Rita Colaço para ouvir aqui.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 2018 não há aumentos salariais para a função pública. Mas avança o descongelamento faseado de carreiras.

Há muitas perguntas no caminho e muitas respostas que só o caminho pode dar. Pela Última Vez - Histórias sobre o fim que não acaba é o título de uma grande reportagem de Isabel Meira para a rádio pública.

Um atentado suicida em Manchester provocou 22 mortos e dezenas de feridos. A explosão decorreu no final de um concerto da digressão de Ariana Grande Dangerous Woman Tour.

    Acompanhe aqui a edição deste ano com a emissão web em direto.