CMVM denunciou ao MP indícios de manipulação da dívida portuguesa

O presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), Carlos Tavares, revelou esta manhã no Parlamento que detetou indícios do crime de manipulação da dívida portuguesa.

O caso envolve autores que escreveram sobre Portugal num órgão internacional. A CMVM já fez queixa ao Ministério Público.

Carlos Tavares afirmou ainda que, cinco anos depois do início da crise financeira, os produtos financeiros complexos tornaram-se ainda mais complexos, ou seja, o sistema financeiro não aprendeu com a crise.

  • .Corrigir
  • .Leia-me
  • .Imprimir
  • .Enviar
  • .Partilhar
  • .Aumentar
  • .Diminuir