Pai do autor dos disparos em escola nos EUA sem palavras para expressar o que sente

O pai do autor do massacre numa escola, no estado norte-americano do Connecticut, afirmou "não ter palavras para expressar" a dor que sente, após ter tomado conhecimento que o seu filho é responsável pela morte de 27 pessoas.

Numa declaração difundida pela imprensa norte-americana, Peter Lanza afirmou que a sua família "está afligida com todos os que foram afetados por esta enorme tragédia".

"Estamos num estado de incredibilidade", disse Lança, cujo filho mais novo, Adam, de 20 anos, matou a sua mãe com uma das seis armas que ela detinha e se dirigiu depois para a escola de Newtown, onde matou 20 crianças e seis adultos, antes de cometer suicídio.

Peter Lanza garantiu que tem cooperado em pleno com os investigadores no caso: "Estamos de rastos e a tentar encontrar um sentido para o que aconteceu", concluiu

Segundo a imprensa local, Peter e Nancy Lanza estavam divorciados há cerca de dez anos.

TAGS:Connecticut,

  • .Corrigir
  • .Leia-me
  • .Imprimir
  • .Enviar
  • .Partilhar
  • .Aumentar
  • .Diminuir