Foto: Gleb Garanich/Reuters

Ianoukovitch anuncia que não se candidata às eleições "ilegais" de maio

O presidente ucraniano deposto, Viktor Ianoukovitch, anunciou esta tarde que não se candidata às eleições presidenciais de 25 de maio por considerar que são ilegais. Ianoukovitch apoia as forças separatistas da Crimeia que ocuparam o Parlamento e dois aeroportos e continua a considerar-se o presidente legítimo da Ucrânia.

Numa conferência de imprensa em Rostov do Don, no sul da Rússia, Ianoukovitch explicou que ainda não se encontrou pessoalmente com o presidente russo e só falaram ao telefone, mas esse encontro vai acontecer. O presidente ucraniano deposto prometeu ainda voltar para a Ucrânia quando tiver condições de segurança, embora sublinhe que não tenciona pedir apoio militar à Rússia.

(com Sandra Henriques)

  • .Corrigir
  • .Leia-me
  • .Imprimir
  • .Enviar
  • .Partilhar
  • .Aumentar
  • .Diminuir