Foto: Filipe Farinha/Lusa

Governo vai multar empresas de recrutamento de médicos que falhem contratos

O Ministério da Saúde pretende penalizar as empresas de prestação de serviços que falhem na colocação de médicos nos hospitais e centros de saúde.

O Diário de Notícias desta manhã avança que as penalizações poderão implicar o pagamento de multas ou a proibição de participação em concursos, para além da rescisão de contratos que já se tem verificado.

As novas regras pretendem evitar situações como a que ocorreu no Natal no hospital Amadora-Sintra, onde os tempos de espera nas urgências chegaram a ser superiores a 20 horas.

(com Sandra Henriques)

  • .Corrigir
  • .Leia-me
  • .Imprimir
  • .Enviar
  • .Partilhar
  • .Aumentar
  • .Diminuir