Legia de Varsóvia cancela viagens organizadas de adeptos ao estrangeiro

| Liga dos Campeões

Legenda da Imagem
|

O Legia de Varsóvia suspendeu as viagens organizadas para os seus adeptos em deslocações ao estrangeiro, depois dos desacatos em Madrid, na terça-feira, anunciou hoje o clube polaco de futebol.

Um dia depois dos incidentes de que resultaram 13 detidos em Madrid, o porta-voz do clube, Sweryn Dmowski, explicou no Twitter que o Legia de Varsóvia tomou esta decisão de forma "unilateral e sem intervenção da UEFA".

Dmowski repudiou o comportamento dos adeptos que estiveram na capital espanhola, para assistir ao jogo com o Real Madrid, do grupo F da Liga dos Campeões, do qual também fazem parte o Sporting e a equipa alemã Borussia Dortmund.

A equipa de Cristiano Ronaldo venceu o campeão polaco por 5-1, num jogo em que o português não marcou, mas fez duas assistências.

Hoje, a polícia espanhola comunicou que deteve 13 adeptos polacos por incidentes antes e após o jogo com os 'merengues'.

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistado no 360, da RTP3, o ministro das Finanças quis sublinhar que o seu cargo governativo não é exclusivo e pode ser compatível com a presidência do Eurogrupo.

Há muitas perguntas no caminho e muitas respostas que só o caminho pode dar. Pela Última Vez - Histórias sobre o fim que não acaba é o título de uma grande reportagem de Isabel Meira para a rádio pública.

Um atentado suicida em Manchester provocou 22 mortos e dezenas de feridos. A explosão decorreu no final de um concerto da digressão de Ariana Grande Dangerous Woman Tour.

    Um dos mais famosos discos dos Beatles faz agora 50 anos. O histórico álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" regressou às lojas com várias edições especiais.