Legia de Varsóvia cancela viagens organizadas de adeptos ao estrangeiro

| Liga dos Campeões

Legenda da Imagem
|

O Legia de Varsóvia suspendeu as viagens organizadas para os seus adeptos em deslocações ao estrangeiro, depois dos desacatos em Madrid, na terça-feira, anunciou hoje o clube polaco de futebol.

Um dia depois dos incidentes de que resultaram 13 detidos em Madrid, o porta-voz do clube, Sweryn Dmowski, explicou no Twitter que o Legia de Varsóvia tomou esta decisão de forma "unilateral e sem intervenção da UEFA".

Dmowski repudiou o comportamento dos adeptos que estiveram na capital espanhola, para assistir ao jogo com o Real Madrid, do grupo F da Liga dos Campeões, do qual também fazem parte o Sporting e a equipa alemã Borussia Dortmund.

A equipa de Cristiano Ronaldo venceu o campeão polaco por 5-1, num jogo em que o português não marcou, mas fez duas assistências.

Hoje, a polícia espanhola comunicou que deteve 13 adeptos polacos por incidentes antes e após o jogo com os 'merengues'.

A informação mais vista

+ Em Foco

Nas ruas das cidades angolanas, as caravanas cruzam-se em ambiente descontraído. O cenário repete-se em M'banza Congo.

Os responsáveis pelo parque prometeram valorizá-lo e vão renovar a frota automóvel e envolver operadores privados nas visitas aos núcleos de gravuras rupestres.

O maior banco francês fez soar os alarmes na Europa ao suspender três fundos de investimento relacionados com créditos nos Estados Unidos.

Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.