Ministro grego admite falhas na solução europeia para a crise dos refugiados

| Mundo
Ministro grego admite falhas na solução europeia para a crise dos refugiados

A ver: Ministro grego admite falhas na solução europeia para a crise dos refugiados

O ministro-adjunto grego para os Assuntos Europeus, numa entrevista exclusiva ao olhar o Mundo, que pode ver no sábado na RTP 2, admitiu falhas na solução europeia para a crise dos refugiados. Diz que deve ser avaliada a legalidade internacional do reenvio de refugiados para a Turquia, mas lembra que a Europa é um conceito de fronteiras abertas e que a crise não pode ser resolvida apenas com este plano.
No excerto da grande entrevista de António Mateus a Nikos Xydakis, fala-se ainda de uma Grécia que está a pagar uma pesada fatura com esta crise, "e agradece o apoio de Portugal".

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.