Ban Ki-moon faz apelo à integração das pessoas com deficiência

| Mundo

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, fez hoje um apelo aos países para promoverem a integração social das pessoas com deficiência, na cerimónia que antecede o arranque da assembleia-geral da organização.

"Demasiadas pessoas com deficiência vivem em situação de pobreza. Muitos sofrem de exclusão social. Muitos não têm acesso aos sistemas legais de apoio social, educação, emprego e saúde", disse Ban Ki-moon, numa cerimónia que contou com a presença do músico invisual Stevie Wonder e o secretário de Estado norte-americano, John Kerry.

A reunião foi considerada por Ban Ki-moon, um "momento histórico" para cerca de 15% da população mundial que tem algum tipo de deficiência.

No encontro, os países membros aprovaram a obrigatoriedade de incluir os direitos das pessoas com deficiência na próxima agenda para o desenvolvimento, que sucederá aos Objetivos do Milénio e deverá ser aprovada em 2015.

"Para a sociedade e o desenvolvimento incluírem as pessoas com deficiência, é preciso garantir a igualdade de acesso à educação, ao conhecimento e à informação", afirmou Stevie Wonder.

A ONU estima que 360 milhões de pessoas têm perda auditiva moderada a profunda, mas apenas 10 por cento têm acesso a aparelhos auditivos. Cerca de 200 milhões de pessoas precisam de óculos, mas não têm acesso a eles, e apenas entre 5 a 15 por cento dos 70 milhões de pessoas que precisam de cadeiras de rodas têm acesso a uma.

"Eu sei que, trabalhando juntos, podemos criar um mundo onde as pessoas com deficiência não têm limites, podem trabalhar de forma livre, aproveitar a vida e contribuir com o seu talento para a sociedade", concluiu o músico americano.

O encontro antecedeu a 68ª Assembleia Geral da ONU, que começa amanhã e deverá ser dominada pela questão síria.

Tópicos:

Ban Ki, Objetivos, Stevie Wonder,

A informação mais vista

+ Em Foco

Pela primeira vez desde que assumiu o mandato, o secretário-Geral da ONU fala abertamente à RTP dos principais conflitos globais.

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.