Canadá acaba com vistos para mexicanos

| Mundo

O Canadá aboliu hoje o visto para os mexicanos, uma medida imposta pelo anterior governo canadiano em resposta a um fluxo de requerentes de asilo oriundos do México.

O governo liberal canadiano considerou que "o levantamento da obrigação de visto sublinha a grande importância que o Canadá atribui à amizade com o México".

Nos Estados Unidos, o presidente-eleito, Donald Trump, quer reforçar a proteção no acesso ao território norte-americano para os mexicanos.

No final da cimeira das Américas, em junho, em Otava, o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, e o presidente do México, Enrique Peña Nieto, chegaram a acordo sobre esta medida.

A obrigação de visto era um ponto de divergência entre os dois países, desde que a medida foi imposta pelo anterior governo conservador de Stephen Harper.

Durante a campanha, Justin Trudeau prometeu acabar com esta exigência de visto para os cidadãos mexicanos.

Com esta decisão, as relações bilaterais entre o Canadá e o México vão melhorar e "contribuir para aumentar as oportunidades comerciais e de negócios, bem como as possibilidades de investimento", considerou John McCallum, ministro da Imigração canadiano.

Tópicos:

Imigração, Otava,

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP disponibiliza agora uma nova aplicação: apresenta as notícias do dia em texto, vídeo e áudio, alertas de última hora e as emissões da RTP3 e Antena 1.

Em dez anos, o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condenou o Estado 18 vezes em casos de liberdade de expressão.

    Londres é o grande centro financeiro para negócios internacionais e comércio da Europa e um dos principais centros de liderança da economia global. Corre o risco de ser desmantelada.

      É difícil eleger a ordem de importância dos assuntos que fizeram a agenda deste mês de Administração Trump, porque o novo presidente americano tem esse condão de transformar qualquer questão menor numa autêntica bomba atómica.