Canadá acaba com vistos para mexicanos

| Mundo

O Canadá aboliu hoje o visto para os mexicanos, uma medida imposta pelo anterior governo canadiano em resposta a um fluxo de requerentes de asilo oriundos do México.

O governo liberal canadiano considerou que "o levantamento da obrigação de visto sublinha a grande importância que o Canadá atribui à amizade com o México".

Nos Estados Unidos, o presidente-eleito, Donald Trump, quer reforçar a proteção no acesso ao território norte-americano para os mexicanos.

No final da cimeira das Américas, em junho, em Otava, o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, e o presidente do México, Enrique Peña Nieto, chegaram a acordo sobre esta medida.

A obrigação de visto era um ponto de divergência entre os dois países, desde que a medida foi imposta pelo anterior governo conservador de Stephen Harper.

Durante a campanha, Justin Trudeau prometeu acabar com esta exigência de visto para os cidadãos mexicanos.

Com esta decisão, as relações bilaterais entre o Canadá e o México vão melhorar e "contribuir para aumentar as oportunidades comerciais e de negócios, bem como as possibilidades de investimento", considerou John McCallum, ministro da Imigração canadiano.

Tópicos:

Imigração, Otava,

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistado no 360, da RTP3, o ministro das Finanças quis sublinhar que o seu cargo governativo não é exclusivo e pode ser compatível com a presidência do Eurogrupo.

Há muitas perguntas no caminho e muitas respostas que só o caminho pode dar. Pela Última Vez - Histórias sobre o fim que não acaba é o título de uma grande reportagem de Isabel Meira para a rádio pública.

Um atentado suicida em Manchester provocou 22 mortos e dezenas de feridos. A explosão decorreu no final de um concerto da digressão de Ariana Grande Dangerous Woman Tour.

    Um dos mais famosos discos dos Beatles faz agora 50 anos. O histórico álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" regressou às lojas com várias edições especiais.