Guterres em primeiro encontro na ONU para "ouvir e aprender"

| Mundo

O secretário-geral da ONU designado, António Guterres, reuniu-se hoje pela primeira vez com os estados-membros das Nações Unidas, para "ouvir e aprender."

"Estou aqui para ouvir e para aprender", disse o antigo primeiro-ministro português no início do encontro informal com a Assembleia-geral da ONU.

António Guterres apresentou-se no encontro com a sua equipa de transição, constituída por cinco pessoas, entre as quais o diplomata português João Madureira.

O antigo Alto-comissário para os Refugiados disse que a equipa cumpre os critérios "de competência, paridade de género e diversidade regional" que espera marcarem o seu mandato como secretário-geral.

"É simbólico de como todos gostaríamos de ver a ONU a funcionar", disse Guterres.

No encontro, com a duração prevista de três horas, todos os Estados-membros da ONU poderão fazer intervenções.

As primeiras intervenções centraram-se nos elogios à escolha de António Guterres e à transparência do processo que levou à sua eleição.

"Houve um nível sem precedentes de transparência", disse um dos primeiros participantes, o português João Vale de Almeida, embaixador da União Europeia junto da ONU.

Tópicos:

ONU,

A informação mais vista

+ Em Foco

Nasceu em 1951 e já foi um local com uma vida própria e entusiasmante nos arredores de Cascais. Ao longo dos anos, o Edifício Cruzeiro foi-se degradando. Agora terá nova vida.

    A curda Mina Jaf é diretora da Women Refugee Route e trabalha com a ONU. Diz que quer mostrar às refugiadas que têm de sair das tendas dos campos e contar a violência de que são alvo.

      Um velho enigma pode estar explicado: por que continua a ilha de Santa Maria a erguer-se acima do nível do mar? Ricardo Ramalho resume para o site da RTP a investigação mais recente.

        Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Emitida todas as segundas-feiras.