Guterres encontra-se com Obama na Casa Branca

| Mundo

O próximo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, encontra-se na próxima sexta-feira, na Casa Branca, com o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

No início do mês, Guterres já se tinha encontrado com o secretário de Estado dos EUA, John Kerry que considerou o secretário-geral designado da ONU o "homem certo para o momento."

"É uma altura em que os princípios das Nações Unidas e a sua liderança serão tão importantes como qualquer outro momento de que tenha memória. E acho que António [Guterres] é o homem certo para o momento; tem grandes responsabilidades, mas pode oferecer energia, capacidade e experiência", disse.

António Guterres presta juramento sobre a Carta das Nações Unidas numa cerimónia pública em Nova Iorque a 12 de dezembro.

O juramento acontece às 10:00 (14:00 em Lisboa) na sala da Assembleia Geral da organização e perante representantes dos 193 Estados-membros.

O Estado português será representado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e pelo primeiro-ministro, António Costa.

Antes do juramento do antigo primeiro-ministro, será feita uma cerimónia de homenagem ao sul-coreano Ban Ki-moon, que termina um período de dez anos na liderança da organização.

O mandato de cinco anos de António Guterres como Secretário-geral começa a 01 de janeiro. Esta será a única cerimónia a marcar o seu início.

Tópicos:

Ban Ki, Iorque, ONU,

A informação mais vista

+ Em Foco

No centro do país, pelo menos 30 mil hectares arderam nos últimos dias. As imagens da NASA permitem ver a evolução dos fogos que afetaram a região.

    Hotéis de luxo e restaurantes de autor crescem ao lado de quem vive sem água ou luz. A Comporta tem um novo proprietário que quer transformar aquela zona num local para estrangeiros ricos.

    O Parque das Nações vai receber as duas semifinais e a final nos dias 8, 10 e 12 de maio do próximo ano. Já o festival português vai decorrer em Guimarães.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.