Hillary Clinton gostava de ver um dia uma mulher na presidência dos EUA

| Mundo

A Secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, garantiu hoje não pretender voltar a candidatar-se à presidência dos EUA, mas manifestou o desejo de ver um dia uma mulher a chegar à Casa Branca.

Ao observar que o processo político nos Estados Unidos é difícil e muito dependente da angariação de fundos, Clinton considera, por isso, difícil chegar à presidência, mas disse acreditar que, mesmo assim, um dia uma mulher conseguirá a eleição como presidente.

Quando questionada sobre as suas intenções políticas, durante um evento em Calcutá, na Índia, Clinton disse não pretender voltar a candidatar-se à presidência dos EUA, mas que deseja apenas voltar a "respirar fundo".

Tópicos:

Calcutá,

A informação mais vista

+ Em Foco

Um mês depois dos incêndios, ainda há raízes em combustão sob a terra no concelho de Pedrógão Grande. Reunimos aqui um conjunto de vídeos em 360 graus captados no local.

A 17 de junho, Portugal começou a assistir ao mais mortífero incêndio de sempre. A paisagem de Pedrógão Grande mantém-se em tons de sépia. Um cenário captado pelo fotojornalista Pedro A. Pina.

    Nos últimos dois anos a RTP ouviu três vozes com diferentes perspetivas do conflito israelo-palestiniano: Miko Peled, Shahd Whadi e Tamir Ginz.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.