Militar francês apunhalado na garganta em Paris

| Mundo

O bairro de La Défense num dos extremos de Paris, onde se deu o ataque contra o militar
|

Um militar francês foi apunhalado sábado à tarde em La Defense, Paris, por um atacante que se pôs seguidamente em fuga. O militar ficou ferido no pescoço mas não corre perigo de vida. Segundo as autoridades francesas, estava fardado e em patrulha na altura em que foi atacado. O incidente ocorre poucos dias depois de um ataque mortal contra um soldado, desta vez em Londres, que as autoridades britânicas acreditam estar ligado ao terrorismo islâmico.

O ataque de hoje ocorreu quando eram 17.54 em Paris (menos uma hora em Lisboa) em frente de uma das lojas Virgin no bairro de La Défense na extremidade ocidental da capital francesa.

Segundo as testemunhas, o atacante, estava armado com um x-acto  e tinha aspeto norte-africano, aparentando cerca de 30 anos. Após o ataque, o homem pôs-se sem fuga sem chegar a ser interpelado.

O militar foi socorrido no local pelos bombeiros e depois transportado para o hospital não correndo perigo de vida. Fontes policiais não deram quaisquer pormenores quanto ao agressor e nem quanto às motivações do ataque.

Quarta-feira passada, um soldado britânico foi morto a golpes de arma branca em Londres por dois homens que afirmaram às testemunhas estar a agir “em nome de Allah” . O governo britânico considerou tratar-se de um ato “manifestamente de natureza terrorista.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Entrevista Olhar o Mundo a um dos autores e investigadores militares mais reconhecidos do mundo anglo-saxónico.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.