Parlamento Europeu define 2015 como o ano da Cooperação para o Desenvolvimento

| Mundo

O Parlamento Europeu aprovou hoje por larga maioria a designação de 2015 como Ano Europeu da Cooperação para o Desenvolvimento, uma iniciativa que já obteve o apoio do comissário europeu para o Desenvolvimento, Andris Piebalgs.

O Ano Europeu para o Desenvolvimento, agora fixado para em 2015 será o primeiro a ter uma designação relacionada com um tema de âmbito mais global, e após ter sido definido em 2000 como o objetivo para se atingirem os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM).

Em comunicado, a Plataforma Portuguesa das Organizações Não-Governamentais para o Desenvolvimento (ONGD) e a CONCORD (Confederação Europeia de ONG de Ajuda e Desenvolvimento,) consideraram a iniciativa do Parlamento Europeu muito positiva e congratularam-se com o apoio dado pela instituição.

"Esta votação é um sinal importante de que, apesar da sua crise interna, a UE mantém-se firme no propósito de ser dos principais atores mundiais na luta contra a pobreza. O facto 2015 ser ano europeu para o Desenvolvimento, ano de transição para novos objetivos e metas de desenvolvimento, também permitirá alertar e mobilizar mais cidadãos para esta luta que deve ser a de todos nós, considerou o presidente da Plataforma Portuguesa das ONGD, Pedro Krupenski, segundo o comunicado divulgado.

O processo para designar o Ano Europeu para o Desenvolvimento foi inicialmente lançado em 2011 pela Plataforma para a Cooperação para o Desenvolvimento da Letónia (LAPAS).

O Comité Económico e Social Europeu (CESE) também manifestou, na ocasião, o seu apoio à proposta para o Ano Europeu.

Tópicos:

Letónia LAPAS, ONGD, Organizações,

A informação mais vista

+ Em Foco

Entre 1999 e 2002 nasceram três novos bairros. Passadas duas décadas, muitos residentes dizem-se abandonados.

Entrevista da correspondente da RTP em França, Rosário Salgueiro.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.