Tensão político-militar na Crimeia deixa Rússia e Ucrânia à beira da guerra

| Mundo
Tensão político-militar na Crimeia deixa Rússia e Ucrânia à beira da guerra

A ver: Tensão político-militar na Crimeia deixa Rússia e Ucrânia à beira da guerra

Foto: Baz Ratner, Reuters

Depois de a câmara alta do Parlamento de Moscovo ter autorizado o reforço do contingente militar russo da Crimeia, as autoridades interinas de Kiev decidiram colocar as Forças Armadas ucranianas em alerta de combate. O novo poder político da Ucrânia avisa mesmo que qualquer intervenção armada da Rússia na península autónoma levará a uma guerra entre os dois países. Perante este quadro, sucedem-se os apelos internacionais para que o Kremlin respeite a soberania do país vizinho.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

    Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.

    João Guerreiro, presidente da comissão que elaborou o relatório sobre Pedrógão Grande, enumera responsabilidades "momentâneas" e "estruturais".

    Os governos espanhol e catalão além de estarem de costas voltadas entrincheiraram-se em narrativas de auto-justificação absolutamente incompatíveis entre si.