UNICEF diz que 100 mil crianças vivem "inferno vivo" em Alepo

| Mundo
UNICEF diz que 100 mil crianças vivem inferno vivo em Alepo

A ver: UNICEF diz que 100 mil crianças vivem "inferno vivo" em Alepo

A situação em Alepo motivou uma reunião de urgência do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Os estados-membros reúnem-se ao início desta tarde num encontro a pedido da França, que exige medidas para salvar a população civil da cidade síria.

Ainda hoje, a UNICEF deixou um apelo no mesmo sentido e alertou para um número dramático: há cem mil as crianças a viver num "inferno vivo" em Alepo.

Já esta manhã, nos confrontos entre o exército sírio e os rebeldes, na zona oriental da cidade, morreram 21 civis, entre eles duas crianças.

As tropas de Damasco estão nesta altura a ganhar terreno e a reconquista de Alepo é considerada pelo regime como a maior vitória de Bashar al-Assad desde o início do conflito, em Março de 2011.

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistado no 360, da RTP3, o ministro das Finanças quis sublinhar que o seu cargo governativo não é exclusivo e pode ser compatível com a presidência do Eurogrupo.

Há muitas perguntas no caminho e muitas respostas que só o caminho pode dar. Pela Última Vez - Histórias sobre o fim que não acaba é o título de uma grande reportagem de Isabel Meira para a rádio pública.

Um atentado suicida em Manchester provocou 22 mortos e dezenas de feridos. A explosão decorreu no final de um concerto da digressão de Ariana Grande Dangerous Woman Tour.

    Um dos mais famosos discos dos Beatles faz agora 50 anos. O histórico álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" regressou às lojas com várias edições especiais.