Ciclista Bruno Pires assina pela equipa suíça Roth-Skoda

| Outras Modalidades

Bruno Pires assinou contrato por dois anos com a equipa suíça Roth-Skoda, do terceiro escalão mundial, informou o ciclista português que correu na Tinkoff-Saxo nas últimas quatro temporadas.

"Chegou o momento de anunciar que nos próximos dois anos farei parte do novo projeto Roth-Skoda, que solicitou a licença profissional continental para 2016. Trata-se de um projeto que tem o objetivo de ir crescendo no ciclismo internacional e ajudar a criar e desenvolver os jovens talentos suíços", escreveu na sua página do Facebook.

Bruno Pires estava sem contrato, depois de a Tinkoff-Saxo ter optado por não renovar o vínculo laboral com o corredor português, que representava a formação russa desde 2012.

Profissional desde 2002, o ciclista de 34 anos esteve oito épocas em Portugal, com passagens nas filiais da Maia e na Barbot-Siper, antes de assinar pela Leopard Trek em 2011.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os dados do sistema de Informação de Fogos Florestais da União Europeia (EFFIS) indicam que só entre os dias 14 e 15 de outubro arderam cerca de 200 mil hectares.

    Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

      Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.

      Os governos espanhol e catalão além de estarem de costas voltadas entrincheiraram-se em narrativas de auto-justificação absolutamente incompatíveis entre si.