Lenine Cunha conquista ouro nos Mundiais de atletismo paralímpico

| Outras Modalidades

Legenda da Imagem
|

O atleta português Lenine Cunha conquistou hoje a medalha de ouro no triplo salto F20 (deficiência intelectual) nos Mundiais de atletismo do Comité Paralímpico Internacional (IPC), que decorrem em Doha, no Qatar.

Lenine Cunha, que há dias terminou na quarta posição a final do salto em comprimento, arrecadou o ouro com a marca de 14,16 metros, a sua melhor marca pessoal.

O grego Evangelos Kabavos (13,50) e o holandês Ranki Obenoi (13,48) arrecadaram as medalhas de prata e bronze, respetivamente.

Esta foi a segunda medalha conquistada por atletas portugueseses, depois do ouro onseguido por Luís Gonçalves na prova dos 400 metros T12 (deficiência visual).

Portugal está representado nos Mundiais de atletismo IPC, que terminam sabado, por 23 atletas.

Tópicos:

Comité Paralímpico, Doha, Ranki Obenoi,

Pesquise por: Comité Paralímpico, Doha, Ranki Obenoi,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.