Seleção desfalcada corre Europeu de corta-mato

| Atletismo

Rui Pedro Silva lidera a equipa masculina de seniores
|

A crise fez-se sentir de forma intensa no corta-mato português, que levará aos Europeus de Belgrado, no domingo, o número mínimo de atletas para poder pontuar, não havendo margem para qualquer desistência na prova.

Ao arrepio do que estava inscrito no seu Plano de Atividades para 2013, que previa seis equipas de seis atletas (para seniores, sub-23 e juniores, masculinos e femininos), a Federação Portuguesa de Atletismo viu-se constrangida a levar quatro elementos por equipa, ou seja uma quebra de 36 para 24.

Não há margem para qualquer erro e basta uma desistência para deitar por terra o esforço dos outros três, uma situação inédita em 20 anos da competição, que já contou com vários sucessos lusos, tanto em individuais como coletivos.

Há um ano, os seniores masculinos "bateram no fundo" e ficaram no 11.º lugar, o pior de sempre de um historial em que há três títulos coletivos. Para Belgrado, a equipa não permite sonhar de novo com o pódio, mas pode claramente fazer melhor.

O benfiquista Rui Pedro Silva, que já por três vezes esteve no top-10, comanda uma equipa que conta igualmente com o experiente Licínio Pimentel (sexta seleção), António Silva e Luís Pinto.

A equipa feminina pode sempre sonhar com um dia inspirado de Dulce Félix, terceira há um ano e por três vezes consecutivas no pódio.

Não é fácil a tarefa, já que na linha de partida estarão seis das sete primeiras da última prova, então separadas por 14 segundos apenas. A irlandesa Fionulla Britton volta a defender o título e tenta o "tri".

A veterana Anália Rosa fará o seu 12.º Europeu como sénior e igualará no topo das mais internacionais a já retirada Ana Dias. As outras duas são as estreantes Catarina Ribeiro e Carla Salomé Rocha, sétima no último ano em sub-23 e em boa forma neste início de época.

As duas equipas de sub-23 são comparativamente menos fortes, esperando-se no entanto boa progressão por parte de Rui Pinto, que após três top-10 como júnior foi 33.º, no ano passado.

A grande maioria dos juniores já tem experiência, do ano anterior ou mesmo de 2011, e o seu patamar realista será melhorar um pouco as classificações, tentando entrar no top-25, o que nenhum dos oito ainda conseguiu.



Seniores masculinos:

Rui Pedro Silva (Benfica), Licínio Pimentel (The Cleans), António Silva (Sporting) e Luís Pinto (Sporting).

Seniores femininos:

Dulce Félix (Benfica), Anália Rosa (Maratona), Carla Salomé Rocha (Sporting), e Catarina Ribeiro (Sporting).

Sub-23 masculinos:

Rui Pinto (Benfica), Hugo Correia (Sporting), Emanuel Rolim (Benfica), e José Costa (The Cleans).

Sub-23 femininos:

Marta Martins (Senhora do Desterro), Catarina Carvalho (Donas), Cátia Santos (Estreito), e Susana Godinho (Benfica).

Juniores masculinos:

Guilherme Pinto (Sporting), Miguel Marques (Benfica),  Miguel Borges (Benfica) e Ruben Pessoa (Benfica).

Juniores femininos:

Silvana Dias (Várzea), Diana Almeida (Benfica), Jessica Matos (Benfica) e Sónia Ferreira (Várzea).


A informação mais vista

+ Em Foco

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam. A votação do acordo em Londres acontece esta terça-feira.

    Rosa Luxemburgo, "uma das melhores cabeças do socialismo internacional", foi assassinada há 100 anos.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.