Vasco Ribeiro falha final e termina etapa do circuito mundial de surf em terceiro

| Outras Modalidades

Legenda da Imagem
|

O 'wild-card' português Vasco Ribeiro falhou hoje o acesso à final da etapa portuguesa do circuito mundial de surf, em Peniche, ao perder nas meias-finais frente ao brasileiro Italo Ferreira.

Na praia de Supertubos, Vasco Ribeiro conquistou 9,10 pontos (3,6 e 5,5), contra 13,37 (5,87 e 7,5) de Italo Ferreira, que 'vingou' hoje a derrota na final do mundial de juniores frente ao português, a 29 de outubro de 2014, na Ericeira.

Mesmo assim, na sua estreia, o campeão do mundo de juniores, de 20 anos, igualou os melhores resultados portugueses em etapas do circuito mundial, todos obtidos por Tiago Pires, que, durante os sete anos entre a elite, chegou por três vezes às meias-finais.

'Saca' foi terceiro classificado no Rip Curl Pro Search, em Bali, em 2008, no Quiksilver Pro France, em Hossegor, em 2009, e no Quiksilver Pro Gold Coast, na Austrália, em 2011, tendo sido afastado das finais por Freddy Patacchia Jr, Mick Fanning e Kelly Slater, respetivamente.

Na final do Moche Rip Curl Pro Portugal, da 10.ª e penúltima etapa do circuito, Italo Ferreira, oitavo do circuito, vai defrontar o compatriota Filipe Toledo, sexto da hierarquia.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, o candidato derrotado nas diretas do PSD diz que o partido deve serenar após o Congresso e admite que vai ser “muito difícil ganhar eleições" no quadro atual.

Nicolás Maduro quer alargar poderes e, para tal, leva a cabo eleições antecipadas. É um "golpe constitucional", na leitura de Filipe Vasconcelos Romão, comentador da Antena 1.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.