Câmara da Covilhã inaugura elevador e funicular para "melhorar" mobilidade

| País

A Câmara da Covilhã inaugura, no domingo, um elevador e um funicular urbanos que têm como objetivo "melhorar" a mobilidade pedonal na cidade, disse hoje à Lusa o presidente da Câmara, Carlos Pinto.

As duas infraestruturas, que implicam um investimento de mais de dois milhões de euros, permitirão vencer as ruas íngremes, bem como ligar as zonas de expansão ao centro da cidade.

"Como sabemos, somos uma cidade de montanha, que ainda por cima tem duas zonas cavadas junto às ribeiras, o que implica que a cidade não tenha estradas retilíneas. Estes equipamentos têm exatamente a função de mudar essa realidade: melhorar a mobilidade para os nossos cidadãos", referiu Carlos Pintos.

Entre as mais-valias contam-se os "benefícios ambientais" e para "a saúde das pessoas", implícitos ao facto de se poder abdicar da utilização de veículos, bem como o fator tempo.

Em média, e tendo como base o ponto de partida da zona de expansão para o centro da cidade, quem usar um dos novos equipamentos gastará pouco mais de oito minutos a chegar à câmara, quando atualmente, se tivesse de fazer o percurso a pé, demoraria mais de 45 minutos.

"Isto é de facto revolucionário e estou convencido que vai ser um exemplo para o futuro e para outras cidades", assumiu Carlos Pinto.

O autarca recorda ainda que os dois equipamentos integram o plano de mobilidade da cidade, que se baseia no total de cinco obras.

Duas dessas infraestruturas - Elevador de Santo André e Ponte da Carpinteira - já foram construídas e disponibilizadas ao público.

A partir de domingo ficarão também acessíveis o Elevador da Goldra - liga o Parque da Goldra até à Rua Marquês d`Avila e Bolama (junto à Biblioteca Central da UBI) - e o Funicular de São João, que liga a Rua Mateus Fernandes ao Largo São João de Malta.

O elevador da Goldra tem cabine panorâmica, capacidade para 11 pessoas e a viagem dura menos de dois minutos. O investimento foi de 500 mil euros.

O Funicular de São João tem capacidade para 15 pessoas e a viagem também dura cerca de dois minutos. O investimento foi de um milhão e meio de euros.

Para que o plano fique totalmente concretizado, depois destas duas inaugurações, fica apenas a faltar a conclusão do Elevador do Jardim Público.

Tópicos:

Avila, Covilhã Câa Covilhã, Elevador Jardim,

A informação mais vista

+ Em Foco

O último sismo a assustar Portugal, em 1969, fez estragos, mas esteve longe da devastação a que o país está sujeito. “Foi um aperitivo”, avisa Mário Lopes.

Vai acontecer um dia. Dizem os especialistas que a questão já não é “se” mas “quando”. Há muito que se pode fazer em casa, na escola, no escritório.

A astrofísica portuguesa Catarina Fernandes confessou à RTP que sempre gostou de astronomia e não esquece a primeira visita ao Planetário de Lisboa.

    A RTP disponibiliza agora uma nova aplicação: apresenta as notícias do dia em texto, vídeo e áudio, alertas de última hora e as emissões da RTP3 e Antena 1.