Campanha contra violência sobre as mulheres lançada em toda a CPLP

| Política
Campanha contra violência sobre as mulheres lançada em toda a CPLP

Foto: João Relvas/Lusa

O Governo vai lançar uma campanha contra todas as formas de violência que afetam as mulheres. A secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade, Teresa Morais, afirma que a particularidade é que pode ser aplicada em toda a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), porque foi aprovada no Conselho de Ministros da organização após proposta de Portugal.

Teresa Morais explica à Antena1 que todo o Governo português está envolvido nesta operação de larga escala que é considerada um assunto prioritário. Em 2012 registaram-se mais de 26 mil participações e 37 mortes. 85 por cento das vítimas de violência doméstica são mulheres.

Antes mesmo do Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, celebrado a 25 de novembro, começam agora as segundas Jornadas Contra a Violência Doméstica. Até 14 de dezembro, o objetivo é colocar a violência doméstica e de género no centro das atenções do debate público através de seminários, workshops, encontros com forças de segurança, profissionais de saúde e equipas técnicas das casas de abrigo, mas também visitas a escolas.

A informação mais vista

+ Em Foco

Ocupou durante 60 anos vários cargos nas Nações Unidas e viria a deixar a sua marca na história da organização. Kofi Annan morreu em Berna aos 80 anos.

Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.

    Fãs de Aretha Franklin homenagearam a icónica cantora norte-americana em várias cidades dos Estados Unidos. A rainha da Soul morreu na manhã de quinta-feira na sua casa em Detroit.

      Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.