Deputados da maioria em petição europeia na defesa dos embriões

| País

Os deputados da maioria PSD/CDS-PP Carina Oliveira e Ribeiro e Castro promoveram hoje a iniciativa "Um de Nós" no Parlamento, uma das primeiras petições de cidadãos europeus, visando a defesa dos embriões humanos.

"Que não sejamos nós, como contribuintes europeus, a financiar atividades que sejam altamente lesivas dos princípios éticos de grande parte dos cidadãos europeus", justificou o democrata-cristão Ribeiro e Castro.

Segundo o Tratado de Lisboa, um qualquer comité de cidadãos europeus pode dirigir-se à Comissão Europeia com uma Iniciativa de Cidadãos Europeia (ICE), com um mínimo de um milhão de assinaturas, devidamente validadas e originárias de, pelo menos, sete dos 27 estados membros da União Europeia.

A social-democrata Carina Oliveira, que mostrou "muito orgulho em `amadrinhar` esta causa", declarou-se convicta de que até maio o número de assinaturas necessário será atingido.

"É uma iniciativa que nasce da sociedade civil empenhada em promover uma cultura de vida na Europa e pedir à União Europeia a defesa da dignidade, o direito à vida e a integridade de todo o ser humano desde a sua conceção", continuou Ribeiro e Castro, afastando qualquer proximidade com a legislação sobre a interrupção voluntária da gravidez.

Os objetivos dos cidadãos europeus unidos na plataforma "Um de Nós" prendem-se com a tentativa de parar o financiamento de atividades que pressuponham destruição de embriões humanos, em investigação científica, por exemplo.

A reformulação dos princípios éticos do Programa Quadro de Investigação e Inovação da UE (2014/20), bem como a revisão da cooperação com países terceiros, que não tenham em conta o respeito pela vida do embrião, também são visados.

Tópicos:

Carina,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em Orlando, Donald Trump apresentou-se como vítima do jornalismo “fake” e insistiu no ataque à imigração ilegal.

Ján Kuciak e Martina Kusnírová foram encontrados mortos em casa, perto de Bratislava, a 26 de fevereiro de 2018.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.