Despiste na A6 em Montemor-o-Novo faz dois mortos

| País

Duas pessoas morreram hoje na sequência do despiste de um automóvel na A6, no concelho de Montemor-o-Novo, distrito de Évora, disseram à agência Lusa fontes dos bombeiros e da GNR.

A fonte da GNR adiantou que as vítimas mortais, alegadamente marido e mulher, são um homem de 72 anos e uma mulher de 67, residentes na zona de Algés, concelho de Oeiras (distrito de Lisboa).

Na sequência do despiste, segundo a mesma fonte, o automóvel em que seguiam as duas vítimas saiu da autoestrada e embateu contra um muro de betão.

O acidente ocorreu ao quilómetro 37, na zona de Montemor-o-Novo, no sentido Caia-Marateca, tendo o alerta sido dado às 16:14, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora.

As operações de socorro mobilizaram meios e operacionais dos bombeiros de Évora e de Montemor-o-Novo, uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) e a GNR.

Tópicos:

Caia, Socorro CDOS,

A informação mais vista

+ Em Foco

Houve aldeias ceifadas e vidas destruídas. O medo viveu ao lado de histórias de heroísmo. Contamos as estórias que agora preenchem dezenas de aldeias esquecidas, muitas pintadas a cinza.

    Jorge Paiva, botânico e professor, um dos maiores peritos da floresta, critica em entrevista à Antena 1 o desinteresse generalizado dos políticos pelos problemas da floresta.

    É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

    Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.