Faltam bens de primeira necessidade em 27% dos lares portugueses

| País
Faltam bens de primeira necessidade em 27% dos lares portugueses

A ver: Faltam bens de primeira necessidade em 27% dos lares portugueses

Um estudo avalia o impacto da crise em Portugal e conclui que os portugueses têm mais consciência quando compram, que tentam optimizar o que já têm. Há mais racionalidade, mais produtos ferecos porque se tomam mais refeições em casa. Toda a família está envolvida no controlo de custos. Mas faltam bens de primeira necessidade.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Redação da RTP votou sobre as figuras e acontecimentos mais destacados, a nível nacional e internacional. Veja aqui as escolhas.

    O embaixador russo em Lisboa afirma, em entrevista à RTP, que as declarações e decisões de Donald Trump sobre Jerusalém podem incendiar todo o Médio Oriente.

    Rui Rosinha, bombeiro de Castanheira de Pêra, sofreu queimaduras de terceiro grau e esteve dez horas à espera de ser internado. Foi operado 14 vezes e regressou a casa ao fim de seis meses.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.