Farmacêuticos poupam saúde financeira dos utentes e do Estado

| País
Farmacêuticos poupam saúde financeira dos utentes e do Estado

Foto: Pedro A. Pina - RTP

O Estado economiza cerca de 880 milhões de euros, por ano, graças á intervenção dos técnicos de farmácia junto dos utentes que a eles recorrem.

Dados esta sexta-feira revelados pela Ordem dos farmacêuticos divulgam que o Estado português poupa cerca de 880 milhões de euros devido a intervenção dos técnicos de farmácia junto dos utentes, na altura da aquisição de medicamentos.

A conclusão é apresentada num estudo que a Ordem dos Farmacêuticos mandou elaborar, junto das farmácias, que demonstra a importância do papel do farmacêutico, até para as contas estatais.

Um dos dados apresentados neste relatório refere mesmo que sem o papel do farmacêutico, os portugueses teriam que pagar em média mais 5,6 por cento em gastos com a saúde.

A informação mais vista

+ Em Foco

O ministro dos Negócios Estrangeiros considera, em entrevista à Antena 1, que Portugal tem a vantagem de não ter movimentos populistas organizados.

    A enviada-especial da RTP foi à fronteira para perceber como se vive hoje entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.