Governo admite que imigração deve ser área prioritária ao nível das políticas públicas

| Política
Governo admite que imigração deve ser área prioritária ao nível das políticas públicas

Foto: EPA

O secretário de Estado Adjunto do Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Feliciano Barreiras Duarte, admite que a imigração deve ser uma área prioritária ao nível das políticas públicas.

Em entrevista à Antena1 neste Dia Internacional dos Migrantes, o secretário de Estado com o pelouro da imigração afirma que Portugal precisa de imigrantes, devido à sua baixa taxa de natalidade. Numa altura em que Portugal está a deixar de ser um país atrativo para cidadãos estrangeiros, o governo quer continuar a atrair imigrantes empreendedores, ou seja, pessoas que queiram investir no país.

(com Sandra Henriques)

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

A ONU alerta para um ano de grande instabilidade e de necessidades maiores por parte da população civil.

Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.