Homem que matou mulher e filha em Soure condenado a 25 anos de prisão

| País

O tribunal de Soure condenou hoje a 25 anos de prisão o homem que, em outubro de 2014, matou a mulher e a filha de 16 anos e deixou outra filha, de 13 anos, gravemente ferida.

O homem, residente em Soure, distrito de Coimbra, confessara durante o julgamento, que começou no dia 07, que tinha matado a mulher e uma filha, com recurso a vários golpes de faca, na noite de 19 para 20 de outubro de 2014, tendo deixado a outra filha gravemente ferida.

Durante as alegações finais, o Ministério Público tinha pedido a pena máxima de 25 anos de prisão para o arguido, que estava acusado de dois crimes de homicídio qualificado na forma consumada e de um crime de homicídio qualificado na forma tentada.

Tópicos:

Soure,

A informação mais vista

+ Em Foco

Os dados do sistema de Informação de Fogos Florestais da União Europeia (EFFIS) indicam que só entre os dias 14 e 15 de outubro arderam em Portugal continental cerca de 200 mil hectares.

    Acionar o artigo 155 da Constituição espanhola representa um momento único na História de Espanha. O Governo de Madrid já definiu os setores que quer controlar de imediato.

    Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

      Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.