IAVE critica exposição pública da prova dos professores

| Educação
IAVE critica exposição pública da prova dos professores

Foto: Isabel Gaspar Dias/Antena 1

O presidente do Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) afirma que se pouparia dinheiro se os exames pudessem ser reutilizados.

Em entrevista ao jornalista da Antena 1 José Guerreiro, Hélder de Sousa considera que os exames poderiam ser reutilizados, apesar de pequenas alterações, e todo o processo seria incomparavelmente mais barato.

Hélder de Sousa defende ainda a avaliação dos docentes dentro da sala de aula e argumenta que a prática deveria ser institucionalizada.

Formado em Geografia, o responsável pela elaboração da Prova de Avaliação de Conhecimentos e Capacidades está ligado à avaliação há 25 anos.

A prova está marcada para o final de março, na interrupção letiva da Páscoa. Ao todo são 25 provas diferentes para 1.636 professores.

Os professores contratados com menos de cinco anos de serviço que passaram na componente comum da prova, realizada em dezembro, vão ser chamados novamente, desta vez para mostrar conhecimentos específicos, consoante a disciplina.

A informação mais vista

+ Em Foco

Saiu a tabela anual das melhores escolas do país. No topo está outra vez o Colégio Nossa Senhora do Rosário, um privado do Porto.

O Governo nunca disse ao país quais são as verdadeiras razões para que não exista até hoje um estudo de impacto ambiental do aeroporto no Montijo.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.