Jovens envolvidos em tragédia no Meco eram estudantes universitários

| País
Jovens envolvidos em tragédia no Meco eram estudantes universitários

A ver: Jovens envolvidos em tragédia no Meco eram estudantes universitários

Ainda não se sabe o que levou sete jovens à praia do Moinho de Baixo, no Meco, ao ínicio da madrugada, nem porque estavam tão perto da rebentação. Foram surpreendidos e arrastados por uma onda. Só um conseguiu na altura regressar à costa. Este jovem que deu o alerta, foi transportado para o Hospital Garcia de Orta, em Almada e já teve alta. Há informação de que os jovens eram estudantes universitários, alguns da Universidade Lusófona e teriam alugado uma casa, em Alfarim, no Meco. Uma equipa de psicólogos presta apoio aos familiares das vítimas. Força Aérea, Marinha, Proteção Civil e Bombeiros continuam à procura dos cinco desaparecidos, quatro raparigas e um rapaz.

A informação mais vista

+ Em Foco

Imagine que a boneca ou o robô que comprou para os seus filhos está a transmitir, via áudio, tudo o que se passa lá em casa. E esse não é o maior perigo.

    Ao longo desta semana, há vozes com sotaque de Nações Unidas para ouvir na Antena 1 e no site da RTP. Testemunhos de estrangeiros em Portugal recolhidos a poucos dias de António Guterres assumir a liderança da ONU.

      Nasceu em 1951 e já foi um local com uma vida própria e entusiasmante nos arredores de Cascais. Ao longo dos anos, o Edifício Cruzeiro foi-se degradando. Agora terá nova vida.

        Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Emitida todas as segundas-feiras.