Natal em Gaia iluminado por 650 mil lâmpadas LED

| País

|

Este ano o Natal em Gaia vai ser mais iluminado do que o costume. A Câmara Municipal vai investir cerca de 300 mil euros em decorações e iluminações para a época.

A partir desta quarta-feira Gaia vai ter mais de 650 mil lâmpadas LED acesas por toda a cidade. Este projeto resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Gaia, a Gaiurb – Urbanismo e Habitação, EM e a Associação Comercial e Industrial de Vila Nova de Gaia (ACIGaia).

O investimento de quase 300 mil euros tem como objetivo “tornar as ruas mais bonitas e atrativas, chamando assim gente não só de Gaia, mas de outros municípios”, segundo informação da autarquia citada pela Lusa.

As luzes irão destacar-se no Centro Cívico, junto aos Paços do Concelho, onde será recriado o cenário da autêntica Vila Natal, com uma bola gigante que terá a “altura de um prédio de cinco andares, onde os visitantes podem entrar e sentar-se”. Também existirá a casa do Pai Natal e uma árvore de Natal com dez metros de altura.
Natal sustentável

A ideia das 650 mil lâmpadas LED de baixo consumo é conseguir ter um Natal sustentável e com menos gastos energéticos. Para tal as luzes estarão distribuídas por mais de 200 instalações e vários percursos, entre eles a Avenida da República, a rua Marquês Sá da Bandeira, os largos Sandeman e Aljubarrota e ainda pelos Carvalhos no Largo França Borges, rua do Padrão e Gonçalves de Castro.

Para acompanhar estas festividades haverá música e animação em vários pontos da cidade onde estarão “duendes, renas, presentes de Natal, um presépio, distribuição de guloseimas e de balões”. Este conjunto de atividades “pretende dinamizar a economia local nesta importante época natalícia”.

A festa começa esta quarta-feira, dia 30, às 18h00 e conta com a inauguração das luzes de Natal no Centro Cívico, seguida de um concerto pela Orquestra de Saxofones da Fundação Conservatório Regional de Gaia. Já a Vila Natal abre as portas ao público no dia 7 de dezembro.

Tópicos:

Autarquia, Câmara Municipal, Gaia, Luzes, Natal,

A informação mais vista

+ Em Foco

A curda Mina Jaf é diretora da Women Refugee Route e trabalha com a ONU. Diz que quer mostrar às refugiadas que têm de sair das tendas dos campos e contar a violência de que são alvo.

    Em entrevista à Antena 1, a coordenadora do Bloco de Esquerda afirma não perceber a posição dos social-democratas sobre o salário do futuro presidente do conselho de administração da CGD.

    Um velho enigma pode estar explicado: por que continua a ilha de Santa Maria a erguer-se acima do nível do mar? Ricardo Ramalho resume para o RTP online a investigação mais recente sobre o tema.

      Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Emitida todas as segundas-feiras.