“Ocupas” da Rua de São Lázaro podem continuar no edifício graças a providência cautelar

| País
“Ocupas” da Rua de São Lázaro podem continuar no edifício graças a providência cautelar

Os ocupantes do nº 94 da Rua de São Lázaro, em Lisboa, podem não ser despejados. O prazo que a autarquia deu termina esta terça-feira, mas eles entregaram uma providência cautelar na segunda-feira e podem conseguir manter-se no edifício.

Em declarações à Antena1, David Duarte, professor de Direito Administrativo na Faculdade de Direito de Lisboa, explica que os ocupantes poderão continuar no edifício até que haja uma decisão, visto que uma providência cautelar suspende a determinação da Câmara Municipal de Lisboa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à Antena 1 e Jornal de Negócios, José Theotónio considera que existe uma diferença de preços muito significativa em relação a mercados concorrentes.

Em entrevista à RTP, o embaixador francês analisa o atual momento do país, os populismos, os emigrantes portugueses e o interesse francês em Portugal.

    A Associação Adeptos dos Sonhos faturava cerca de 2600 euros por dia, alegadamente para ajudar crianças carenciadas, mas 90% do dinheiro que recebia ia para uma empresa privada do namorado da presidente.

    Entrevista de D. António Marto, Bispo de Leiria-Fátima, à RTP.