Pedro Arezes, catedrático da UMInho, é o novo diretor do Programa MIT Portugal

| País

O professor da Universidade do Minho Pedro Arezes é o novo diretor nacional do Programa MIT Portugal e terá como "principal desafio" a preparação de uma "proposta competitiva" para a renovação daquele programa em Portugal, anunciou hoje aquela instituição.

Numa nota enviada à agência Lusa, o MIT Portugal, que assinala hoje 10 anos de presença no nosso país, e a academia minhota adiantam que o catedrático da Universidade do Minho (UMinho), na Escola de Engenharia, irá substituir Paulo Ferrão, que vai assumir a presidência para a Fundação para a Ciência e Tecnologia.

"Em conjunto com o diretor do Programa no MIT, Bruce Tidor, Pedro Arezes terá como principal desafio a preparação de uma proposta competitiva para a renovação do Programa para uma terceira fase, a iniciar em 2018", explana o texto.

Para Pedro Arezes, o futuro daquele programa passa por "identificar" novas áreas de investigação.

"O MIT Portugal tem primado pela aposta na geração de novas ideias e na sua valorização, com base na interação entre universidades e instituições privadas. Neste momento temos três grandes projetos de investigação em desenvolvimento nos quais mais de 30% do financiamento é assegurado através de empresas Portuguesas", explica o novo responsável na referida nota.

"Teremos que continuar a trabalhar em conjunto com as nossas universidades e empresas em identificar áreas de investigação que possam trazer um maior impacto socioeconómico no nosso pais", aponta.

Segundo Pedro Arezes, "as maiores vantagens desta parceria são usufruídas pelos estudantes, e são eles a mais-valia do programa" pelo que, diz, "é um orgulho ver doutorados e mestres inseridos nos quadros de empresas e universidades portuguesas e internacionais".

"Estamos a formar alunos com capacidades para serem profissionais competitivos em qualquer parte do mundo, desde os Estados Unidos e Islândia a Singapura e Nova Zelândia", salienta.

Pedro Arezes, de 43 anos, é Professor Catedrático no Departamento de Produção e sistemas na Escola de Engenharia da Universidade do Minho, onde dirige o grupo de Ergonomia e Fatores humanos do Centro de Investigação ALGORITMI.

Arezes coordena, também na UMinho, a área de Engineering Design and Advanced Manufacturing (EDAM) do Programa MIT Portugal; e é investigador convidado do MIT e da Universidade de Harvard.

O Programa MIT Portugal é uma parceria entre 5 universidades portuguesas -- Universidade de Lisboa, Universidade Nova de Lisboa, Universidade de Coimbra, Universidade do Porto e Universidade do Minho --, empresas e o Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Criado em 2006, tem como "objetivo fortalecer a base de conhecimento do país, o empreendedorismo de origem científica e a competitividade internacional através de investimentos estratégicos em pessoas, conhecimentos e ideias inovadoras.

Tópicos:

ALGORITMI Arezes, Arezes, Ciência, Engineering Design, Ergonomia, Islândia, MIT Bruce Tidor, Massachuts Institute, Minho,

A informação mais vista

+ Em Foco

Declarações exclusivas de Valdemar Alves ao Sexta às 9, que se debruçou sobre a reconstrução após os incêndios de 2017.

O realizador italiano tinha 96 anos. Além do cinema, deixou marcas no teatro e na ópera mundial.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.