Projeto da Cáritas visa recolha e entrega de roupa e até pode criar empregos

| País

40 paróquias de Lisboa vão receber roupa usada para dar ou reutilizar. A operação está marcada para domingo.

Mas esta é uma experiência para instalar no terreno uma rede para
a recolha de bens, a partir do início do próximo ano.

Um projeto da Cáritas de Lisboa que até pode vir a criar postos de trabalho.

Se tudo correr bem, a ideia é a de instalar contentores
em muitas paróquias de Lisboa para a recolha de roupas, livros ou brinquedos.

Se tudo correr bem, para esta rede funcionar, será criada uma empresa social com funcionários que tratam da recolha e da triagem da roupa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Mira Amaral considera que nacionalizar o Novo Banco seria um tremendo disparate, até porque o Estado já vai ter dificuldades em aumentar o capital na Caixa Geral de Depósitos.

Há vários portugueses contaminados com glifosato. A sua presença foi detetada com valores elevados no norte e centro do país.

Cinco homens, quatro mulheres, nove candidatos à posição de secretário-geral da Organização das Nações Unidas. Incluindo o antigo primeiro-ministro português António Guterres.

    Completam-se agora 100 anos sobre o início da beligerância portuguesa. Uma data assinalada pela RTP com a publicação online dos seus mais significativos materiais de arquivo sobre o tema.