Projeto da Cáritas visa recolha e entrega de roupa e até pode criar empregos

| País
Projeto da Cáritas visa recolha e entrega de roupa e até pode criar empregos

40 paróquias de Lisboa vão receber roupa usada para dar ou reutilizar. A operação está marcada para domingo.

Mas esta é uma experiência para instalar no terreno uma rede para
a recolha de bens, a partir do início do próximo ano.

Um projeto da Cáritas de Lisboa que até pode vir a criar postos de trabalho.

Se tudo correr bem, a ideia é a de instalar contentores
em muitas paróquias de Lisboa para a recolha de roupas, livros ou brinquedos.

Se tudo correr bem, para esta rede funcionar, será criada uma empresa social com funcionários que tratam da recolha e da triagem da roupa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, garantiu que enquanto tiver confiança do primeiro-ministro não vai sair do Executivo.

Jorge Paiva, botânico e professor, um dos maiores peritos da floresta, critica em entrevista à Antena 1 o desinteresse generalizado dos políticos pelos problemas da floresta.

É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.