Proteção Civil de Sintra coloca concelho em alerta laranja devido a precipitação

| País

A Proteção Civil municipal colocou sob alerta laranja o concelho de Sintra, entre as 21:00 de hoje e as 06:00 de sexta-feira, devido às previsões de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e persistentes.

"Foi reforçada junto das unidades orgânicas da Câmara a monitorização das linhas de água e a limpeza das sarjetas em meio urbano", explicou à agência Lusa Mário Louro, do Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) de Sintra.

Segundo informou uma nota da autarquia, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou também "o distrito de Lisboa sob aviso amarelo para rajadas de vento na ordem dos 80 quilómetros", para o mesmo período entre a noite de hoje e a manhã de sexta-feira.

De acordo com a Câmara de Sintra, está também "prevista agitação marítima com ondas de noroeste com quatro a cinco metros", a partir das 12:00 de sexta-feira até às 06:00 de domingo, 30 de novembro.

Na sequência do alerta laranja, o terceiro mais grave numa escala de quatro níveis, a autarquia aconselhou a população a tomar precauções durante a condução, devido a lençóis de água e cheias rápidas em meio urbano.

As populações são aconselhadas a tomar medidas de prevenção para desobstrução dos sistemas de escoamento de águas pluviais, para não atravessarem zonas inundadas, e assegurarem "a fixação de estruturas soltas, nomeadamente andaimes, `placards` e outras estruturas suspensas".

A Proteção Civil alertou, também, para a necessidade de "especial cuidado na circulação junto da orla costeira e de zonas ribeirinhas", e para que sejam evitadas atividades como "pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar".

Para informações e pedidos de auxílio em situações de emergência, o SMPC de Sintra disponibiliza o número de telefone 219105880.

Tópicos:

Câa, Proteção, SMPC, Sintra,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.