Protecção Civil alerta para risco devido ao calor

| País

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) alertou hoje para o risco de incêndios florestais nos próximos dois dias devido à continuidade do tempo quente e seco.

Numa nota, a ANPC refere que "os índices de perigosidade de incêndio florestal tenderão a atingir valores superiores ao que é normal para esta altura do ano, nomeadamente nas regiões do Centro e Sul, sendo expetável que nos próximos dias o número de ocorrências de fogo tenha tendência a aumentar".

O Instituto de Meteorologia prevê para os próximos dois dias a continuidade do tempo quente e seco.

Nesse sentido, a ANPC recomenda a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio florestal, nomeadamente a não realização de queimadas, nem de fogueiras, e não fazer lume ou fumar nos espaços florestais e vias que os circundem.

A Protecção Civil apela ainda para que os grupos populacionais mais vulneráveis, como idosos, crianças, sem-abrigo e doentes do foro cardiorrespiratória, adotem medidas de auto proteção para situações de calor, nomeadamente beber água com regularidade, evitar atividade física e não viajar de carro nas horas de maior calor.

A informação mais vista

+ Em Foco

O presidente da Câmara dos Comuns é, digamos assim, o equivalente ao presidente da Assembleia da República em Portugal.

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A entrevista ao ativista de Direitos Humanos para o programa Olhar o Mundo.