Redução das emissões poluentes e planeamento da orla costeira são prioridades para a Quercus

| Ambiente
Redução das emissões poluentes e planeamento da orla costeira são prioridades para a Quercus

Foto: Tiago Petinga/Lusa

A Quercus está esta manhã na Costa da Caparica, em Almada, a alertar para os perigos da erosão costeira e da subida do nível das águas do mar devido às alterações climáticas. Se nada for feito, até 2100 o mar deverá subir um metro na costa portuguesa.

A ambientalista Carla Graça explica à Antena 1 que esta ação concertada a nível europeu serve para chamar a atenção dos governantes da Europa para a necessidade de tomar medidas urgentes de redução das emissões de dióxido de carbono, mas também de planeamento e ordenamento da orla costeira.

A associação ambientalista escolheu cinco pontos críticos da costa portuguesa para fazer soar o alarme quanto às alterações climáticas. No âmbito da Semana Europeia de Ação pelo Clima, a associação ambientalista está a alertar para a necessidade de metas mais ambiciosas no Cais das Colunas de Lisboa, na foz do Porto, na Praia da Barra de Ílhavo, na Praia do Pedrogão de Leiria, e na Costa da Caparica, em Almada.

(com Sandra Henriques)

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.