Costa defende reposição do horário das 35 horas

| Política
Costa defende reposição do horário das 35 horas

Foto: Mário Cruz/Lusa

O secretário-geral do PS considera que os funcionários públicos devem voltar a ter a carga horária semanal que tinham antes de este Governo alterar a legislação.

Em entrevista ao Diário de Notícias, António Costa deixa a promessa de reposição do horário das 35 horas semanais para a função pública.

“Acho que no quadro de valorização da função pública que é necessário fazer deve repor-se o horário, como aliás a generalidade dos municípios têm feito”, refere.

Costa recorda que esta ideia se enquadra no que está “previsto no relatório que nos foi apresentado pelos economistas” e “isso pode e deve ser feito sem aumento da despesa pública”.

Este objetivo seria atingível através de uma política de gestão e de emprego público “que tenha em conta as saídas, as admissões, os horários praticados, os recursos de horas extraordinárias”.

Nesta entrevista, o líder socialista advoga ainda a reposição dos feriados que foram retirados, bem como a manutenção da maioria do controlo público da TAP, privatizando-se apenas 49 por cento da empresa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Declarações exclusivas de Valdemar Alves ao Sexta às 9, que se debruçou sobre a reconstrução após os incêndios de 2017.

O realizador italiano tinha 96 anos. Além do cinema, deixou marcas no teatro e na ópera mundial.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.