Marcelo quer vencimentos dos gestores cortados na Caixa como nos bancos privados

| Política

Foto: Lusa

O Presidente da República diz que o banco público devia fazer o mesmo que fizeram alguns bancos privados, ou seja, cortar o salário dos administradores.

Foi esta a mensagem de Marcelo Rebelo de Sousa no dia em que os salários dos gestores da Caixa Geral de Depósitos incendiaram a troca de argumentos no parlamento.

"Se há fundos públicos, não é possível nem desejável pagar o que se pagaria se fosse um banco privado sem fundos públicos", disse o chefe de Estado aos jornalistas em Braga.

Os salários dos administradores da Caixa Geral de Depósitos levaram o PSD a dizer que é inaceitável e vergonhoso o nível salarial dos administradores da Caixa e que é uma vergonha quando se fala de um banco que precisa de milhões de euros dos impostos dos portugueses.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Nasceu em 1951 aquele que é conhecido como o primeiro centro comercial em Portugal.

    A curda Mina Jaf é diretora da Women Refugee Route e trabalha com a ONU. Diz que quer mostrar às refugiadas que têm de sair das tendas dos campos e contar a violência de que são alvo.

      Um velho enigma pode estar explicado: por que continua a ilha de Santa Maria a erguer-se acima do nível do mar? Ricardo Ramalho resume para o RTP online a investigação mais recente sobre o tema.

        Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Emitida todas as segundas-feiras.