Marcelo quer vencimentos dos gestores cortados na Caixa como nos bancos privados

| Política
Marcelo quer vencimentos dos gestores cortados na Caixa como nos bancos privados

Foto: Lusa

O Presidente da República diz que o banco público devia fazer o mesmo que fizeram alguns bancos privados, ou seja, cortar o salário dos administradores.

Foi esta a mensagem de Marcelo Rebelo de Sousa no dia em que os salários dos gestores da Caixa Geral de Depósitos incendiaram a troca de argumentos no parlamento.

"Se há fundos públicos, não é possível nem desejável pagar o que se pagaria se fosse um banco privado sem fundos públicos", disse o chefe de Estado aos jornalistas em Braga.

Os salários dos administradores da Caixa Geral de Depósitos levaram o PSD a dizer que é inaceitável e vergonhoso o nível salarial dos administradores da Caixa e que é uma vergonha quando se fala de um banco que precisa de milhões de euros dos impostos dos portugueses.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

A União Europeia está ameaçada e tem de voltar à sua génese para se fortalecer e recuperar influência na cena mundial. Ou arrisca-se a perder o comboio do desenvolvimento e a desmembrar-se em pouco tempo.

    Num contexto de retorno do medo ao Reino Unido, a diplomata britânica Kirsty Hayes aponta a importância de todos os habitantes de Londres estarem unidos.

    Foram mais de três horas de debate a cinco mas sem grandes novidades. Le Pen defendeu o fim da imigração. Macron foi atacado pelas ligações à banca.

    Estarão os nossos equipamentos comprometidos? O especialista em cibersegurança Pedro Queirós alerta para um problema "assustador".