Miguel Relvas desvaloriza recusa da FENPROF em assinar acordo com Ministério da Educação

| Política
Miguel Relvas desvaloriza recusa da FENPROF em assinar acordo com Ministério da Educação

O ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, afirma que o Governo está disponível para dialogar com quem também está disposto a conversar.

“Há os que querem dialogar. Com esses estamos sempre disponíveis para debater, mas é impossível chegar a acordo com quem não pretende esse objetivo”. É desta forma que Miguel Relvas comenta o facto de a Federação Nacional dos Professores (FENPROF) não ter assinado o acordo para alterações no concurso de colocação de professores.

A FENPROF foi a única organização sindical de professores que não subscreveu o documento do Ministério da Educação assinado esta madrugada com seis sindicatos do setor. A FENPROF vai ainda ponderar a possibilidade de requerer a continuação das negociações com o Governo.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam. A votação do acordo em Londres acontece esta terça-feira.

    Rosa Luxemburgo, "uma das melhores cabeças do socialismo internacional", foi assassinada há 100 anos.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.