Situações atuais são "muito mais favoráveis", diz Cavaco

| Política
Situações atuais são muito mais favoráveis, diz Cavaco

Foto: Homem de Gouveia - Lusa

O Presidente da República terminou esta terça-feira a visita de dois dias à Madeira. Com o país à espera de uma decisão quanto a um novo Governo, Cavaco Silva refere que o país não deve ter medo e que os empresários não devem ter receio da situação política.

"Não há razões para estarem preocupados com a atual crise política que se vive no nosso país" assegura o Chefe de Estado. Acrescenta que o atual momento ocorre quando as situações "são muito mais favoráveis do que aquelas que verificámos em 2011".

Cavaco Silva garante ainda que o tesouro português "tem hoje uma almofada financeira de dimensão substancial", sem fazer referência a valores.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira para o cargo, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

      Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.