Mundial de ralis volta a ter regras da ordem de partida alteradas

| Ralis

Ogier na Filândia
|

A Federação Internacional do Automóvel (FIA) anunciou esta quarta-feira alterações nas regras do Mundial de ralis de 2017, nomeadamente a redução para um dia na obrigação do líder do campeonato abrir o percurso em provas de terra.

O líder do campeonato, que em 2016 foi sempre o francês da Volkswagen Sébastien Ogier, tinha até aqui a responsabilidade de abrir o percurso em dois dias, sexta e sábado, mas, em 2017, isso só acontecerá no primeiro dia.

O tetracampeão mundial de ralis, que procura agora nova equipa para 2017 depois da retirada da Volkswagen, foi uma das vozes mais críticas da medida, por considerar que o prejudicava em demasia.

Em 2017, oito das 13 provas que compões o campeonato são em terra: México, Argentina, Portugal, Itália, Polónia, Finlândia, País de Gales e Austrália.

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevista exclusiva de Rui Rio à editora de política da RTP Luísa Bastos.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Foram sinalizados casos de mutilação genital numa escola da Baixa da Banheira. Uma associação trabalha com turmas. Ainda há rapazes que defendem a "submissão" como "saudável".

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.