Liga Portuguesa Contra o Cancro pede resposta imediata do Ministério da Saúde à situação dos doentes de Braga

| País
Liga Portuguesa Contra o Cancro pede resposta imediata do Ministério da Saúde à situação dos doentes de Braga

Foto: Sandra Henriques/Antena1

A Liga Portuguesa Contra o Cancro não compreende a “inércia” do Ministério da Saúde e pede que intervenha de imediato para ajudar os doentes do Hospital de Braga. A unidade hospitalar está há 15 dias sem medicamentos para o tratamento, em regime de ambulatório, de doentes oncológicos.

O presidente do núcleo regional do norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Vítor Veloso, afirma à Antena1 que o governo deve atuar com urgência, até porque é uma situação que se tem repetido neste e noutros hospitais do país.

“O Ministério deveria dar uma resposta imediata, isto é, deveria retirar os doentes com cancro do Hospital de Braga, visto que este, além de não dar resposta atempada, interrompe tratamentos, não os dá nas datas adequadas, e isso põe em risco a sobrevivência e a cura dos doentes”, alerta.

(com Sandra Henriques)

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

O presidente da Câmara dos Comuns é, digamos assim, o equivalente ao presidente da Assembleia da República em Portugal.

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A entrevista ao ativista de Direitos Humanos para o programa Olhar o Mundo.