Hong Kong. Manifestantes pró-democracia voltam a paralisar a cidade

por RTP

Manifestantes pró-democracia de Hong Kong voltaram a paralisar a cidade. Depois de uma noite de violência na Universidade Chinesa, esta quarta-feira de manhã, muitas das linhas de metro foram interrompidas e o trânsito ficou condicionado em diferentes zonas do território. A polícia lança a suspeita de que os estudantes transformaram a universidade numa fábrica de armas.

Convocam concentrações pela Internet e inundam as ruas com tijolos e outro tipo de objetos. A polícia reponde com detenções e o impacto no dia a dia de Hong Kong é cada vez mais visível. Sobretudo no comércio de rua e no sistema de transportes.