Play - Bem-vindos a Beirais

Uma questão de timing

ep. 180 44m

Séries Nacionais

10AP

Na casa de turismo, Rita tenta tirar Clara do seu quarto, mas ela mostra-se indiferente. Rita alerta Clara que não pode estar sempre isolada no quarto e que tem feito isso desde que acabou a relação com Vasco. Clara diz que está bem e que só não quer cruzar-se com Vasco. Rita fica preocupada com a amiga. Xana e Sandro fazem contas e voltam a ficar alarmados com as suas finanças. Ela tenta animá-lo, mas Sandro duvida que encontrem uma solução para melhorar o lado financeiro. Na sociedade recreativa Rita desabafa a sua preocupação com Susana e diz que está muito preocupada com Clara. Diogo ouve a conversa a intromete-se. Rita tem receio que a amiga caia numa depressão e Susana pede ajuda a Diogo para que ele tente tirar Clara de casa. Diogo fica disponível para ajudar, mas Rita não sabe se é boa ideia ser Diogo a ajudar Clara. Na casa de Hortense, a família almoça. Sandro e Xana trocam olhares quando Lucinda explica que ela e Alcides procuram uma oportunidade de investimento. Xana afasta-se para receber um telefonema e Tânia fica desconfiada. Vasco cruza-se com Clara. Ele é frio com ela e acusa-a de o evitar. Vasco informa-a que vai estar fora durante três dias e vai embora. Diogo chega e convida Clara para irem ao cinema. Ela hesita, mas acaba por aceitar o convite. Nas ruas de Beirais, Sandro e Xana caminham com Lucinda. Eles sugerem a Lucinda que invista no atelier e ela mostra-se recetiva e aceita conhecer o local com mais pormenor, já que quer abrir um negócio em Beirais. Mais tarde, Lucinda explora o atelier e fica fascinada. Ela aceita investir no atelier e diz que terá que fazer algumas alterações. Lucinda imagina o atelier cheio de gente e também pondera transformá-lo num "salon". Ela passa um cheque em nome de Sandro e ele fica num misto de emoções. Ele aceita o cheque e Lucinda está muito entusiasmada. Tânia estranha cada vez mais a reação de Xana às mensagens que recebe. Ela fica ainda mais desconfiada quando Xana recebe uma nova mensagem e sai rapidamente. Clara e Diogo regressam do cinema e conversam muito animados. Ela confessa-lhe que está a pensar sair de Beirais por causa de Vasco. Ele convence-a a deixar que ele a recorde dos bons momentos que já passou em Beirais. Clara fica pensativa. Mais tarde, em casa de Diogo, ele e Clara jantam e lembram-se de algumas memórias divertidas. Diogo insiste em abrir uma nova garrafa de vinho e eles brincam um com o outro. Depois de algum tempo de conversa, Clara diz que tem que ir andando, mas o sono já é tanto que Diogo insiste para que ela durma em sua casa. Clara brinca e diz que ele quer aproveitar-se dela. Diogo pega-a ao colo e leva-a para a sua cama. Clara adormece e ele aconchega-a e tira-lhe os sapatos. Ele aprecia-a enquanto ela dorme e não percebe como é que a deixou escapar para outro homem. Lucinda fica espantada quando encontra o atelier igual, sem nenhuma mudança. Ele diz a Lucinda que não está preparado para remodelar o seu atelier pois foi um sonho que demorou a ser alcançado. Ele devolve-lhe o cheque e desiste da parceria. Tânia acha que Xana está a enganar Sandro pois não pára de receber telefonemas e mensagens misteriosos. Tânia confronta Xana e ela diz que estava ao telefone com um ex-colega de escola que tem uma financeira e que estava a negociar um empréstimo para o seu marido Sandro, a juros baixos. Tânia fica envergonhada e pede desculpa. Xana aceita as desculpas e diz que conseguiu o empréstimo. De manhã, Clara estranha que Diogo não esteja equipado para ir correr com ela. Ele explica-lhe que não vai correr e que ainda está muito apaixonado por ela e que não quer só a sua amizade. Clara não sabe o que dizer.

duração total 44m
posição atual:
ir para o minuto: